Funil de Conteúdos: tipos de conteúdos para cada fase

Tempo de Leitura: 7 minutos
Tempo de Leitura: 7 minutos

Você sabe o que é funil de conteúdos? E quais tipos de conteúdos você tem que gerar para cada fase desse funil? Pode não parecer, mas quando você faz uma compra online é porque foi atraído por uma série de etapas do funil de conteúdos. 

Você nunca percebeu isso? É isso que você vai aprender neste texto.

Geralmente quando faço análise de alguns perfis eu verifico que alguns só postam conteúdo de topo de funil ou fundo de funil. Consequentemente esse perfil não converte o cliente ou não atrai pessoas, porque ele só está vendendo ou só está produzindo conteúdo raso.

Só produzir conteúdo não basta!

Entenda como funciona o funil de marketing, o que é o funil de conteúdos e quais tipos de conteúdos postar em cada fase do funil.

Como funciona o funil de marketing?

Topo de funil (visitantes, aprendizado e descoberta) visitante que está aprendendo e descobrindo seu perfil, seu negócio.

Meio do funil (leads, reconhecimento da marca) o visitante deixa de ser visitante, se inscreve, baixa algo, faz alguma ação que deixa o contato dele para você se relacionar com ele de outra forma.

Fundo do funil (consideração da solução, oportunidades, workshop, cases, depoimentos) o lead converte em uma oportunidade de negócio, quando ele quer saber mais, pede orçamento.

Decisão de compra (cliente) o lead compra, converte em cliente.

O que é funil de conteúdo?

É um conjunto de etapas e gatilhos que tem como meta dar suporte nesta jornada de compra. Nessa jornada de conteúdos, você envolve a pessoa ao ponto dela comprar o seu produto ou serviço.

Por isso, é importante você gerar conteúdo relevante para cada etapa desse funil, porque se você não fizer isso:

  • vai atrair e os usuários e eles não vão reconhecer a marca;
  • só vai vender e os usuários vão deixar de te seguir.

O que é conteúdo topo de funil?

O topo do funil é um tipo de conteúdo que o usuário entende do que você está falando. Nesta fase é realizado o reconhecimento da marca e o tipo de solução que ela pode oferecer para a “dor” dele. 

Nessa fase do funil é necessário criar conteúdo que desperte o olhar do seu público alvo. É nesta fase que você atrai novos seguidores e também desperta seguidores que estavam frios.

O usuário desta fase não está 100% focado em adquirir nada no seu perfil. Ele será atraído pela informação que você fornecer, se identifica com o seu negócio e brand persona (valores, “estilo” da marca).

O que é conteúdo meio do funil?

Os conteúdos de meio de funil é o momento em que o usuário que já te conhece, considera e reconhece o problema. Esses conteúdos tocam na dor da pessoa, gera a vontade de querer resolver e entende que a marca tem aquela solução.

Gere conteúdos que despertem a vontade de considerar a fazer a compra um dia dos seus produtos ou serviços. Para que ele continue seguindo, interagindo e observando.

E mesmo esse usuário convertendo em lead, não pense que ele comprará tão facilmente, esse lead vai te avaliar com outros concorrentes e escolherá o que ele mais se identificar e gerar valor pra ele, para decidir comprar.

 O que é conteúdo fundo do funil?

Conteúdos fundo de funil é o momento em que o usuário está na fase da consideração da solução, você atraiu a atenção, despertou o interesse, educou pelo conteúdo que ofereceu. Agora é o momento de mostrar o que o seu produto ou serviço oferece, e que ele é a solução que esse lead precisa.

Dicas de conteúdos para cada fase do funil

Dicas de conteúdos para cada fase do funil

Conteúdos para Topo de funil

Crie conteúdos que dê dicas e soluções que vão atrair um usuário que não te conhece ainda ou que não lembra que está te seguindo.

Reels: é um tipo de conteúdo que é utilizado bastante para topo de funil, por ser rápido. Atualmente o Reels está entregando para mais pessoas de forma orgânica (sem ter que pagar anúncio) e as pessoas estão assistindo mais também, do que os outros tipos de conteúdos.

Você pode criar:

  • Dicas rápidas;
  • Cortar trechos de vídeos mais longos;
  • Piadas;
  • Dancinhas e usar as músicas do top trends.

Lembre-se sempre de gerar esse tipo de conteúdo no Reels de acordo com o seu segmento.

Por que fazer Reels?

É bom para o algoritmo da conta, para aumentar sua taxa de engajamento x seguidores e é uma tendência de consumo de conteúdo. Se uma conta do Instagram ainda não começou a criar Reels, comece agora!

Se o seu cliente não tem no plano mensal a prestação de serviços que envolvem a criação de Reels, faça uma sugestão de upgrade para inserir 1 Reels semanal, por exemplo. Deixe claro a importância desse tipo de formato dentro da estratégia e também que envolve uma mão de obra manual, pois não há possibilidade de agendamento de Reels, isto é, o social media terá que postar em tempo real (até setembro de 2021, é assim).

Memes: crie memes, coloque conteúdos engraçados de acordo com o segmento. Esse tipo de conteúdo é ótimo para atrair público.

Informativos: em estilo post carrossel, é um exemplo de conteúdo informativo. Esse tipo de conteúdo atrai muito, não importa em que formato ele está, mas sim a informação que você está dando para atrair as pessoas.

Conteúdos de Meio de funil

Quando o usuário está no meio do funil, ele não é mais um mero visitante, já existe o reconhecimento do problema, ele já conhece a marca e tem uma ideia de como a empresa pode ajudá-lo a resolver algo em algum momento específico. 

Portanto, essa segunda etapa do funil deve ser ainda mais informativa do que no topo do funil, oferecendo conteúdos mais ricos, densos e que se aprofundem mais no problema e benefícios de resolver esse “problema”.

 Aposte em Conteúdo Nuggets: entenda mais

  • Vídeos curtos: (extraia um pequeno trecho de um vídeo mais longo em que o assunto seja mais aprofundado no problema e na solução);
  • Carrossel: crie uma história e entretenha essas pessoas com 10 imagens (no final coloque um CTA para ele tomar uma ação;
  • Imagem + descrição mais longa: crie uma frase de isca para o usuário ler o conteúdo da descrição que contextualiza mais.

Esclareça dúvidas do produto ou serviço de forma sútil ou dos medos que o usuário tem em não dar o próximo passo, em não comprar, em postergar, em reconhecer o problema. Sempre pensando no seu público alvo!

Você pode e deve falar dos produtos e serviços nos conteúdos do meio do funil, mas sempre embasado em cima de conteúdo e não de PROMOÇÃO. Assim, você vai instigando o usuário e encaminhando para conteúdos de fundo de funil.

Faça a conversão do seguidor para lead: tenha uma Landing page de conversão

Nesta fase é necessário que o usuário afunile mais no funil, que faça uma ação onde a empresa consiga ter mais contato com ele. Pode ser receber um orçamento, se cadastrar em uma newsletter, baixar um e-book, entrar no cana do Telegram, isto é, deixar os dados de contato dele, ou estar mais próximo em grupos de mensagens.

O fato é que há muitas distrações nas redes sociais e ninguém saí preenchendo dados de e-mail e telefone sem que realmente esteja interessado no conteúdo que a empresa gera. Portanto, é necessário todo este percurso.

Como converter o lead na etapa do meio do funil?

A partir do momento que o usuário deixou de ser um mero seguidor e forneceu os seus dados pessoais para colher algum material que você ofereceu, ele já pulou para a fase do meio do funil. Aqui vão algumas dicas para criar materiais para conversão do lead:

  • E-book: conte um pouco mais da solução, resolvendo um problema;
  • Série de vídeos aulas: para a pessoa se inscrever no link da bio;
  • Lista de espera: de algum curso, uma pré-inscrição ou lista de espera;
  • Infográficos: mais aprofundados do seu segmento;
  • Lives;
  • Workshop online;
  • Aulas gravadas;
  • Post carrossel contando histórias.

A ideia de conteúdo de meio de funil é sempre aprofundar mais na solução! Gere o conhecimento, mas também, faça o usuário ter o comprometimento de fornecer seus dados. Somente desta forma você estará fazendo com que ele tenha o reconhecimento do problema e passa a estar pronto para a próxima etapa do funil de conteúdos.

Dica extra para o meio do funil: liste 10 problemas e 10 soluções, pense no que seus produtos ou serviços podem ajudar o seu público alvo. Não importa o tipo de conteúdo, dê a resposta que o usuário precisa!

Conteúdos de Fundo de funil

É necessário ser direto nesta etapa, pois o usuário está avaliando os prós e contras de fechar a compra do seu produto ou serviço, para ajudá-lo a se decidir crie esses tipos de conteúdos, por exemplo:

  • Cases de sucesso: levar para o seu feed depoimentos dos seus clientes, mostrando o que mudou na vida deles depois que compraram seus produtos ou serviços;
  • Avaliações: você pode enviar o link do google meu negócio para seus clientes te avaliarem. Além de ser bom para o ranqueamento do seu site, pode servir de material para gerar conteúdo;
  • Agendar visitas: no caso de imobiliárias, por exemplo, agendar visitas aos imóveis;
  • Demonstração: demonstrar uma ferramenta que sua empresa venda;
  • Trial: teste de 15 dias de uma ferramenta de forma gratuita;
  • Reunião/ orçamento: fazer uma chamada direta para ação de clicar no link da bio, ou chamar no WhatsApp para agendar uma reunião, ou solicitar um orçamento;
  • Cupom de oferta: lançar nas suas redes sociais um cupom de oferta para garantir seu produto ou serviço;
  • Review de produtos: fazendo lives ou vídeos mostrando o produto ou serviço;
  • Lives: com 80% de conteúdo e 20% de venda, você ainda pode oferecer algum desconto para comprar seus serviços ou produtos, mas só durante a live.

Você sempre tem que mostrar o que sua empresa oferece, então mostre nos stories do Instagram, coloque nos destaques seus produtos e serviços e não se esqueça de informar que estão lá.

Não conte que a pessoa que está lendo sabe onde está o link do que você está citando no post. É necessário praticamente DESENHAR.

Conteúdos para Clientes

O funil de conteúdos não é só até um seguidor se tornar o seu cliente, a jornada continua! Este cliente é um possível case para levar outras pessoas a comprarem também. O depoimento te ajuda na jornada de conteúdos para converter novos leads em clientes.

Conteúdos para Pós venda

No pós-venda você precisa continuar educando o cliente com conteúdos, pois ele pode virar cliente de outros produtos ou serviços da sua empresa. Ou até mesmo virar um influenciador que te ajudará com novos clientes.

Pense no dia a dia dos seus clientes e nas principais dúvidas deles. Faça uma lista de PERGUNTAS FREQUENTES e traga para as suas redes sociais e artigos de blog.

Lembre-se que cliente também tem dor e você pode gerar conteúdo para ajudar, que auxiliem seus clientes no uso dos serviços ou produtos e oferecer soluções. 

Ofereça também entretenimento e continue educando sobre sua empresa e área de atuação. Faça seus clientes serem fãs da marca. Neste momento você saberá que fez o papel muito bem feito de um funil de conteúdos.

Espero ter ajudado você a entender como o funil de conteúdos funciona e como ele é importante para conseguir realizar suas vendas na internet. Agora você pode gerar conteúdos adequados para cada fase do funil. 

Conteúdo é Rei!

Não se esqueça da constância e que planejamento e acompanhamento de todas as estratégias são fundamentais para fazer tudo isso e obter resultados!

Posts Recentes

Outras Postagens

Efeito 6 Meses